gente@ufv.br

Cadastro Territorial Multifinalitário de Barão de Cocais – MG

Coordenação

DSc. Éder Teixeira Marques e DSc. Joel Gripp Junior

Introdução

Barão de Cocais é um município localizado em Minas Gerais com um população de 28.442 habiantes de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010. Esse projeto de Cadastro foi o primeiro realizado pelo Grupo e trouxe muito crescimento e conhecimento para todos os envolvidos. Para a realização dos trabalhos o GENTE fechou uma parceria com a empresa CBCN que ficou responsável pelos levantamentos em campo, topográfico e aplicação do Boletim de Cadastro Imobiliário (BCI). 

Rede de Referência Cadastral

Na primeira etapa do projeto foi realizada a implantação da Rede de Referência Cadastral (RRC) com a definição dos locais dos marcos geodésicos, levantamento com Sistema Global de Navegação por Satélite (GNSS), processamento e elaboração das monografias dos marcos.

Imagens de apoio

Na aquisição de imagens para apoio para a realização do projeto foram compradas algumas imagens de satélite e ortofotos, provenientes de levamento por Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPAS). Para garantir a qualidade do projeto as ortofotos foram avaliadas de acordo com a acurácia posicional.

Levantamento topográfico

Utilizando Estação Total foi realizado o levantamento topográfico de todas as vias da cidade sede e de alguns distritos do município. No levantamento foram coletados pontos de meio-fio, frente de lotes, postes, árvores, poços de visita, boca de lobo, entre outras feições.

Vetorização e Base Cartográfica

Com os elementos levantados e utilização das imagens para apoio, foi possível realizar vetorização das vias, quadras e lotes, gerando então a Base Cartográfica do município de Barão de Cocais.

Numeração das quadras e lotes

Por requisição da prefeitura, foi feito um processo de atualização do cadastro, dessa forma foi preciso identificar as quadras e lotes já existentes na prefeitura, manter os códigos nesses casos e codificar as novas parcelas, seguindo o código existente.

Aplicação e validação dos BCI’s 

Com a Base Cartográfica feita e o cadastro atualizado, foi possível realizar a coleta dos Boletins de Cadastro Imobiliário em campo utilizando o software MTColeta. Os BCIs preenchidos foram validados no escritório na UFV, onde foram analisadas as informações tabulares e feitas as correções topológicas necessárias.

Levantamento das vias rurais e definição de nomenclatura

As vias rurais foram levantadas utilizando GNSS de navegação, empregando o método cinemático. Depois foi adotada uma metodologia para nomear as vias rurais, o que promove facilidades para locomoção nas áreas rurais e prestação de serviços, como transporte escolar e entregas.

WebGIS

Utilizando o framework P.mapper foi desenvolvido um WebGIS onde foram disponibilizadas as informações produzidas com o projeto, também foram definidas ferramentas para auxiliar na gestão territorial do município.

Entrega, treinamento e validação

Ao fim do projeto todas as informações geradas foram entregues à prefeitura, onde foi feito treinamentos para utilização do WebGIS, manipulação das informações no Software QGIS e rotina para atualização das informações. As informações geradas também foram analisadas em conjunto pela equipe do cadastro e servidores da prefeitura, com o intuito de validar os dados gerados.

 

Coordenação

DSc. Éder Teixeira Marques e MSc. Victor dos Santos Marotta

Introdução

Conceição do Mato Dentro é um município mineiro localizado ao norte de Belo Horizonte com população de 17.908 habitantes de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010. A parceria entre a Universidade Federal de Viçosa e a Prefeitura Municipal de Conceição do Mato Dentro surgiu em 2017 através de um convênio para a realização do Cadastro Territorial Multifinalitário do município. Dividido em duas etapas, o projeto objetivava o recadastramento de 7.000 unidades autônomas no município para a primeira etapa, e 5.500 unidades na segunda.e